quarta-feira, 23 de abril de 2008

Brilho Denso

Letra: Bruno da Cunha
Música: Os 2s

Penso, claro! E como penso!
No brilhar das idéias
um brilho denso
intenso e claro

Vivo, pois! E como vivo!
No dia-a-dia das idéias
um cotidiano ativo
que o nativo pôs

Amo, sim! E como amo!
No sofrer de uma idéia
é teu nome que chamo
e eu te clamo assim!

Um comentário:

sof - disse...

liiiiiiindo texto
beijao